ENCONTRO DE 42 ANOS DE FORMATURA DOS EX-ALUNOS DE TURISMO E HOTELARIA DA FACTUR – Dia 26 NOV/2022

30 nov

RUY FELIPE E LIEGE/ ORGANIZADORES DO ENCONTRO 2022
FORMANDOS – TURMA 1980

FOTO DO FUNDO DO BAÚ…

EXCURSÃO A OURO PRETO :

Segundo semestre de 1977 , com Professor de estatistica – Antonio de Pádua

Ao meu lado, meu querido e doce amigo Ronildo, um dos 28 ex-alunos falecidos

PARTICIPANTES DO EVENTO:

Empresários = Paulo Camargo, Denis Collins e esposa Giovana Collins –

Aconteceu no último dia 26 de novembro às 14hs, O ENCONTRO DA SEGUNDA TURMA DE FORMADOS em Turismo e Hotelaria, pela Faculdade Newton Paiva em 1980. O evento foi organizado pelos ex-alunos, RUY FELIPE, LIEGE PATERLINI e voluntariados. A equipe organizadora acertou em cheio ao escolher a CASA BELLONI, um local de fácil acesso, amplo espaço decorado, arejado, com ótimos preços e excelente cardápio e serviços.

No rosto de cada participante, era visível, a imensa emoção que cada um trazia dentro de si, externada através dos longos e afetuosos abraços, acompanhados às vezes, por copiosas lágrimas causadas pela emoção do tão aguardado reencontro com os queridos amigos, que não se encontravam há mais de 42 anos. Este mesmo sentimento, também se fez presente no discurso de abertura do evento com a triste notícia dos vinte e oito alunos, falecidos, alguns precocemente, deixando um imenso vazio de saudades em nossos corações, ao serem nominados, em uma breve homenagem.

Não posso deixar passar em branco este momento, para uma breve menção aos nossos amados e abnegados mestres, que nos prepararam tão bem, não apenas com o esmero acadêmico das salas de aulas, mas principalmente com as várias atividades extraclasse, que nos permitiu conhecer e desbravar várias cidades do imenso patrimônio Cultural e Histórico Mineiro, com fabulosas aulas expositivas, com Professor Marco Elísio, um grande expertise em História das Artes.

O mesmo podemos falar do nosso querido (Zédapaz) ou inesquecível José da Paz, falecido no ano passado, que nos fez conhecer um pouco da verdadeira História do Brasil, que nunca iriamos encontrar em livros didáticos… Essas disciplinas enriqueceram muito nossos conhecimentos acadêmicos e principalmente nossos curriculum para o futuro e promissor mercado de trabalho que, desde então, já nos espreitava. E assim, muitos de nós ingressamos no mercado de trabalho como jovens talentos, egressos da FACTUR, como a melhor mão-de- obra especializada nas área de Projetos para o fomento do Turismo e Hotelaria em Minas.

A Ruy Felipe, um dos mais talentosos  e criativos Promotor de Eventos e Turismo do Estado,  nossa eterna  gratidão, pois, com seu  caráter proativo, sempre nos impulsiona  a não deixar cair no ostracismo a memória da nossa árdua e grande caminhada até ao bacharelado, nos lembrando que, somos a segunda turma de profissionais qualificados a dar um grande impulso nas áreas de projetos estratégicos para o desenvolvimento do turismo, em grande expansão em nosso Estado na década de 8 0, dentro e fora dos OOTs em todo o Estado de Minas Gerais .

Até ao próximo encontro,

Se assim permitir Deus!

tradução do texto

PORTUGUÊS ITALIANO

Lorso 26 novembre alle 14:00 si è svolto il mega evento degli ex studenti di Turismo e Ospitalità degli anni ’80, premiati dalla Facoltà Newton Paiva. L’evento è stato organizzato da RUY FELIPE, LIEGI scapoli e volontari. Il team organizzativo ha avuto ragione quando ha scelto uno spazio per eventi a Belo Horizonte, che ha soddisfatto le esigenze dei partecipanti nelle aree: posizione, prezzo, menu e qualità dei servizi. Sul volto di ogni partecipante si leggeva l’immensa emozione che ognuno portava dentro di sé, espressa attraverso i lunghi e affettuosi abbracci, accompagnati a volte da copiose lacrime causate dall’emozione del tanto atteso ricongiungimento con i cari amici, che avevamo non si vede da molto tempo, ha più di 42 anni. Questa commozione era presente anche nel discorso di apertura dell’evento con la triste notizia dei ventotto studenti, morti, alcuni così prematuramente, lasciando un immenso vuoto di nostalgia nei nostri cuori, quando sono stati nominati, in un breve omaggio . Non posso lasciare che questo momento passi inosservato, per un breve cenno ai nostri amati e altruisti docenti, che ci hanno preparato così bene, non solo con la cura accademica delle aule, ma ancor più con le attività extrascolastiche, dandoci la possibilità di conoscere ed esplorando diverse città dell’immenso patrimonio culturale e storico del Minas Gerais, con favolose lezioni espositive, con quelle del Professor Marco Eliseo, con la sua meravigliosa didattica e competenza nella Storia delle Arti. Lo stesso si può dire del nostro caro (Zédapaz) o indimenticabile José da Paz, morto l’anno scorso, che ci ha fatto conoscere un po’ la vera storia del Brasile, che non troveremmo mai nei libri di testo… Questi contenuti hanno arricchito la nostra scarsa cultura generale, così come il nostro curriculum per il futuro e promettente mercato del lavoro, che, da allora, ci stava già aspettando. E così, molti di noi sono entrati nel mercato del lavoro come giovani talenti, laureati di FACTUR, come la forza lavoro migliore e più preparata specializzata nelle aree dei progetti per la promozione del turismo e dell’ospitalità nel Minas Gerais. A Ruy Felipe, uno dei più talentuosi e creativi Promotori di Eventi e Turismo dello Stato, la nostra eterna gratitudine, perché, con il suo carattere propositivo, ci ha sempre spronato a non far cadere nell’ostracismo il ricordo del nostro arduo e grande viaggio, fino a quando non abbiamo concluso il nostro diploma di maturità, come secondo gruppo di professionisti qualificati, per dare un grande impulso nelle aree dei progetti strategici per lo sviluppo del turismo nello Stato, nonché, per le aree amministrative e tecniche in costante richiesta di personale specializzato lavoro del mercato turistico e dell’industria alberghiera in forte espansione nel nostro Stato negli anni ’80, nonché l’implementazione del turismo rurale e del turismo sociale, attraverso il programma Best Age Club, di cui sono stato molto onorato di essere il primo coordinatore tecnico statale di Senior Turismo, creato da Embratur, e gestito attraverso l’Organismo Ufficiale del Turismo, Turminas, al fine di favorire il turismo sociale per conto terzi, e l’utilizzo di attrezzature e servizi di lavoro occasionale durante i periodi stagionali nei Comuni di Minas Gerais. Fino al prossimo incontro, a Dio piacendo

Itália paga até R$ 75 ml a quem se mudar para ilha da Sardenha.

1 set

Uma das cidades pode ser está…

SORGONO (Sardegna) com apenas 1.673 abitantes, situata a 688 metros do nível do ma, da  Provincia di Nuoro, com uma superfice de 56,20 kmq.

A charmosa ilha é a segunda maior do Mediterrâneo, e suas praias de água azul-turquesa somadas à culinária italiana atraem milhares de turistas no verão europeu -grande parte deles, aliás, vinha da Rússia, alvo de sanções do Ocidente desde a invasão da Ucrânia. A ilha também abriga mansões de alguns poderosos; entre eles, o ex-primeiro-ministro do país Silvio Berlusconi.

Quando o céu se fecha e o calor vai embora, porém, a região se esvazia e fica quase isolada. A Sardenha tem cerca de 1,6 milhão de habitantes, apesar de sua área de mais de 24 mil quilômetros quadrados (o equivalente a quase três vezes a região metropolitana de São Paulo.

A ilha é uma das áreas com mais pessoas centenárias no mundo, segundo o livro dos recordes. Os jovens da região, por outro lado, buscam emprego em outras áreas italianas ou no exterior, o que contribui para a diminuição e para o envelhecimento da população local. Para reverter esse cenário, o governo reservou EUR 45 milhões (R$ 227 milhões) para subsidiar a chegada de novos moradores. A informação é da emissora Euronews.

O que você precisa para se mudar

Mas quando a esmola é demais, o santo desconfia (e pode desconfiar). Para ser um dos beneficiados no programa, o candidato deverá se mudar para um dos municípios da Sardenha com população inferior a 3.000 pessoas. A quantia recebida —não, necessariamente, de EUR 15 mil— deverá ser usada para comprar ou reformar uma casa, e a subvenção não pode exceder metade do gasto total.

Além disso, o beneficiário precisará morar na nova propriedade em tempo integral e deve se registrar como residente permanente em até 18 meses após a chegada à região -portanto, esqueça a ideia de aderir ao programa no verão e sair logo no inverno.

O presidente da Sardenha, Christian Solinas, pretende que o programa incentive estrangeiros a se mudarem para a ilha e estimule aqueles moradores locais a continuarem na região.

“Graças a essas contribuições, a Sardenha se torna um terreno fértil para aqueles que se mudam para lá ou decidem construir uma família”, disse. “Não pode haver crescimento sem uma real valorização do interior e das zonas mais desfavorecidas. Então, criamos as condições para que os jovens decidam ficar e desenvolvam a economia dos territórios mais frágeis.”

Padrões semelhantes são frequentes em várias outras cidades da Itália. Nos últimos anos, proprietários e governos de cidades pequenas do país começaram a anunciar casas por apenas 1 euro -as propriedades, na maioria das vezes, foram herdadas de idosos que morreram sem ter família por perto.

A população da Itália está envelhecendo. No ano passado, 24% da população do país tinha mais de 65 anos, segundo o Banco Mundial. A média de idade hoje na nação europeia é de 46 anos —em 2050, projeta-se que será 51.

Lucinha Dettori é parte da ilha que atravessou o mar.

16 set

Família CAPPAI

terça-feira, 3 de abril de 2018

Lucinha Dettori é parte da ilha que atravessou o mar.

Lucinha Dettori criou filhos e participa da educação dos netos, plantou com certeza muitas árvores e agora lança finalmente seu tão esperado livro. Completa um ciclo de evolução na descoberta mais fantástica de sua vida, que está em comunhão com todos os “oriundis” que fizeram e fazem deste país uma terra melhor para se viver. É um evento memorável e que comemoramos com alegria e muita simpatia. Lucinha é uma descendente engajada na rara imigração sarda para o Brasil. Sua vida é uma reverência aos seus e aos nossos ancestrais que atravessaram o grande mar, doaram as suas vidas em terras distantes, mas que nunca esqueceram a paixão pela “isola paradiso”. Tem a genética da bravura de Shardana e da determinação milenar do “popolo sardo”, que alça voo bem acima de Gernnagentu para contemplar a beleza da criação…Além do seu DNA que alimenta os sonhos do reencontro de suas raízes no distante mediterrâneo, traz na voz e no olhar a doçura e a firmeza da poesia sarda. É incansável pesquisadora de nossas raízes de imigrantes, vibrando a cada descoberta e compartilhações no blog “Sardegna sa terra mia”. Desperta e alimenta assim a comunhão dos poucos descendentes sardos que ainda permanecem em solo brasileiro, sonhando o dia do retorno.

Fragmentos em comum…

“Acaso espera o tempo?! Farei retornar a esta terra jamais experimentada? Que registros há neste solo, que me atrai como o imã a limalha, E quão grande é a distância que nos separa dos sonhos. Oh! Deus, que mosaico virou a vida, quando as raízes afloraram, Quando poucas respostas vieram pela insistência de seu servo, Rasgando a terra que parecia firme, convicta, agora fértil de indagações.

Sempre gostei do mar, de navegar, da pesca e da brisa, Que diria as palmeiras dançando ao vento, no frescor arrancado pelo olhar, Do cantar das águas do rio, que desaguava no espírito irrequieto, E o lavrar da madeira metamorfoseando-se em “mamutones”, Horas martelando a madeira, criando vida. E lá estava ela, a ilha que concentrava no coração, do esquelético ser, Agora preenchido pela descoberta de que não era um ser isolado, Este minúsculo ser perdido no nada, na complexidade do nexo, Mas sim era a ilha que habitava no mais profundo de minhas memórias, E assim, nas entranhas do DNA, dos Memes, no borbulhar dos pensamentos, Está a ancestralidade sarda que atravessou o mar…”

Parabéns Lucinha. Desejo sucesso no lançamento de seu livro e grandes emoções na visita a ilha. Quando chegares em Cagliari, reza para Nossa Senhora de Bonária, a protetora dos navegantes. Assim como nossos ancestrais que atravessaram o grande mar e possibilitou nossas existências, como descendentes à procura de nossas raízes, nos tornamos igualmente navegantes. Que os bons ventos guiem seus caminhos. A”kentanos mia sorella…

Obrigada querido fratello por sua grande consideraçao.

Sou muito orgulhosa de tê-lo como amigo e irmão, grande intelectual, e grande conhecedor da historia da ilha de nossos antepassados.

PRIMEIRA EDIÇÃO

SEGUNDA EDIÇAO

TERCEIRA E ULTIMA EDIÇÃO MELHORADA DA HISTORIA, REESCRITA COM AJUDA DE PARENTES SARDOS ENCONTRADOS RECENTEMENTE.

Aos 76 anos, morre cantor e compositor italiano Franco Battiato

18 maio

“Aos 76 anos, morre cantor e compositor italiano Franco Battiato” https://www.terra.com.br/amp/diversao/arte-e-cultura/aos-76-anos-morre-cantor-e-compositor-italiano-franco-battiato,baf64f237497a8cc735474c2a48a61b5x8v2vlnt.html

Imagem

ORGOSOLO “OS MURAIS” – A LUTA – E 0S MANIFESTOS.

17 dez

CONVITE ESPECIAL DO BLOG SARDEGNA TERRA MIA – BRASIL – EM PARCERIA COM O PROJETO ‘ DISTANTES MAS UNIDOS. CASA SARDEGNA. com a colaboração do Círculo ACSIT de Florença.

Francesco Del Casino (Siena, 15 de maio de 1944) é um pintor italiano.

Iniciou sua carreira pictórica em 1962 com uma produção ligada ao estilo de Renato Guttuso, seguida de uma fase influenciada pela arte de Pablo Picasso. Em 1964 mudou-se para a Sardenha, para Orgosolo, onde iniciou o seu trabalho como muralista. Cerca de 90% dos murais em Orgosolo são obra sua.

Caros amigos,

Domingo, 27 de dezembro
às 14h00 Itália e França.
Xangai 21h – Tóquio 22h
América do Sul 10:00 – América do Norte 08:00
Brisbane às 23h

O evento será transmitido ao vivo no facebook e no site “Distantes mas Unidos. Casa da Sardenha

Uma saudação de Feliz Natal para vocês e suas famílias
Elio Turis.

———————————————————————————————- ————————————————————————–

TRADUÇÃO DO TEXTO DO CARTAZ

Domingo dia 27 de dezembro, estaremos conectados diretamente com OS CIRCOLOS SARDOS NO MUNDO sobe a plataforma Zoon e no Facebook com o Mestre Francisco Del Casino que nos contará a sua experiência em Orgosolo ( Orgosolo é uma comuna italiana da região da Sardenha, província de Nuoro, com cerca de 4.540 habitantes.) a partir dos anos 60. Um período de grande movimentação, que entre outras coisas, gerou aquele movimento muralista que agora caracteriza o ambiente urbano de Orgosolo.