Arquivo | maio, 2014

OS SARDOS ENVELHECEM MELHOR GRAÇAS AO BOM HUMOR!

28 maio

 

fotode sandro                                               Alessandro Ribichesu – Um empreendedor de sucesso na terceira Idade.
                                                         Um  belo exemplo de bom humor, disposição fisica e mental.
                                                                   

              Viver na Sardenha ? Além de longevidade, torna-se ainda mais feliz.

Os idosos que vivem na ilha são menos deprimidas das outras regiões do mundo e tem uma melhor saúde mental em geral.

velhos dançando

 Isto é o que revela um estudo realizado pela Universidade de Cagliari , em colaboração com a Universidade de Southampton Solent no Reino Unido, publicado na revista Pesquisa Aplicada em qualidade de vida.

 Estes resultados não são surpreendentes tanto em uma região que possui  a  família  mais longeva do mundo, (a  Perdasdefogu ) e numerosos centenários , bem como,  de ter tido há algum tempo a primazia de ter o homem mais velho do planeta.

 Os estudiosos analisaram 191 idosos com 60-99 anos; algumas sardos  selecionados  nas áreas  com maior prevalência de centenários  ( Ogliastra Barbagia ,  provincias da cidade de Sassari) foram comparados com os outros idosos  das  áreas rurais da Lombardia, baseando-se em algum teste – destinado a avaliar o estado mental – os sardos  são menos deprimidos e mais satisfeitos com suas vidas.

 Isto porque – hipotisa o estudo  – Na Sardenha  os  idosos  são mais  ativos  ao longo do ponto de vista físico ,  e sentem-se mais frequentemente considerado dentro do núcleo da família e dos amigos e respeitado pela geração mais jovem .

 ” A sensação de bem -estar em relação  a idade, aumenta  em particular modo nas zonas rurais da ilha, explica Chiara  Fastame , que liderou a pesquisa – onde a manutenção de um status social adequada e atividade física proporciona uma melhor saúde mental  na idade adulta . “

 

——————————————————————————————————————————————————————————-

 

SASSARI. Vivere in Sardegna? Oltre che longevi rende anche più felici. Gli anziani che abitano nell’isola sono meno depressi dei loro coetanei e hanno nel complesso una migliore salute mentale.

 È quanto rivela una ricerca condotta dall’Università di Cagliari in collaborazione con la Southampton Solent University, nel Regno Unito, pubblicata sulla rivista Applied Research in quality of life.

 Risultati che non stupiscono più di tanto in una regione che vanta la famiglia più longeva del mondo (a Perdasdefogu) e numerosi centenari, oltre ad aver avuto per qualche tempo il primato dell’uomo più vecchio del pianeta.

 Gli studiosi hanno analizzato 191 anziani di età compresa tra i 60 e i 99 anni: alcuni sardi selezionati nelle zone con una maggiore prevalenza di centenari (Ogliastra, Barbagia, la città di Sassari) sono stati messi a confronto con coetanei provenienti dalle aree rurali della Lombardia, risultando in base ad alcuni test – tesi a valutare lo status mentale – meno depressi e maggiormente soddisfatti della loro vita.

 Questo perché – ipotizza lo studio – in Sardegna gli anziani sono attivi più a lungo dal punto di vista fisico, si sentono maggiormente considerati all’interno del nucleo della famiglia e degli amici e rispettati dalle giovani generazioni.

 «Il senso di benessere in rapporto all’età aumenta in particolar modo nelle zone rurali dell’isola – spiega Chiara Fastame, che ha condotto la ricerca – dove il mantenimento di un adeguato status sociale e l’attività fisica garantiscono una migliore salute mentale in età adulta».

Fonte – I sardi invecchiano meglio grazie al buonumore
 lanuovasardegna.gelocal.it
Edição – SSTM
Por Lucinha Dettori
 

” 365 Paolo Fresu , A VIAGEM DE UM PASSADO” UM BOM PROGRAMA  PARA QUEM VAI A FIRENZE EM JUNHO…

27 maio

 

365Fresu_mail (3)

Queridos amigos ,

 Associação Cultural de Sardos na Toscana convida para a estréia mundial do documentário ” 365 Paolo Fresu , A VIAGEM DE UM PASSADO”, de Roberto Minini – Merot quarta-feira, 4 jun às 21:30 no Spazio Via Alfieri no Olive ,  6 a Florença.

 O evento , organizado pela Alfieri e Festival Espaço viajar ACSIT em colaboração o patrocínio da Região Autónoma da Sardenha e FASI , celebra o talento do músico de jazz da Sardenha Paolo Fresu , um dos maiores músicos na Europa . Seu trompete e sua filicorno são as ferramentas com que se dedica em concertos tradicionais , usando instrumentos musicais para alterar o som , ou colaborar em projetos que muitas vezes têm uma intensa relação com sua terra  na Sardenha.

 A projeção , após as saudações usuais de Presidente ACSIT Fiorella Maisto , será apresentado pelo diretor do filme Roberto Menini – Merot .

 O preço do bilhete é de € 6,00.

 Anexada ao e-mail o cartaz eo trailer do filme.

 

 Atenciosamente .

 Mattia Lilliu

Chefe de Comunicações ACSIT

 

—————————————————————————————————————————————————————–

Care amiche, cari amici,

 l’Associazione Culturale dei Sardi in Toscana vi invita all’anteprima mondiale del film documentario “365 Paolo Fresu, il viaggio di un tempo” di Roberto Minini-Meròt mercoledì 4 giugno alle 21.30 presso lo Spazio Alfieri in via dell’Ulivo, 6 a Firenze.
 
L’evento, organizzato da Spazio Alfieri e Festival del viaggio in collaborazione con ACSIT e con il patrocinio della Regione Autonoma di Sardegna e F.A.S.I., celebra il talento del jazzista sardo Paolo Fresu, uno tra i maggiori musicisti a livello europeo. La sua tromba e il suo filicorno sono gli strumenti con i quali si cimenta nei concerti tradizionali, utilizzando gli strumenti musicali per modificare il suono, oppure collabora in progetti che hanno spesso un rapporto intenso con la sua terra, la Sardegna.
 
La proiezione, dopo i consueti saluti della Presidente ACSIT Fiorella Maisto, sarà introdotta dal regista del film Roberto Menini-Meròt.
 
Il prezzo del biglietto è di €6,00.
 
In allegato alla mail la locandina e il trailer del film.
 
Cordiali Saluti.
 
Mattia Lilliu
Responsabile Comunicazione ACSIT
 

 

 
 
 
 
 

Periódico para os amantes da Itália e da Cultura Italiana – Ano VII – N. 2 – Distribuição Gratuita

27 maio

italia mix

Caro amigo leitor,

é com grande prazer que comunicamos que “ItaliaMix” voltou, mas esta vez em veste de jornal impresso, em formato tabloid, com 12 páginas, que já está na sua segunda edição.

No momento, o impresso é distribuído somente em Belo Horizonte e em alguns condomínios do município de Nova Lima (Jardim Canadá, Vale do Sol e Retiro das Pedras), mas estamos procurando pontos também em outras cidades de Minas, com o intento de, aos poucos, cobrir boa parte do estado de Minas.

Caso você não more na capital mineira, como sempre poderá baixar o jornal em formato PDF em nosso site www.italiamix.net, onde os belorizontinos, podem encontrar também a lista dos pontos de distribuição na capital mineira.

Estas primeiras duas edições apresentam a cidade de Torino, capital da região do Piemonte, com muitas curiosidades que muitas vezes nem quem mora na cidade conhece. Você vai gostar!

* * *

Sugestões da Redação

Por fim, se você é um empresário interessado no mercado mineiro, não perca a oportunudade de anunciar sua empresa neste novo mídia, que mesmo que recém-nascido, já está tendo um sucesso além do esperado.

ANUNCIE
(31) 9147.0314
publicidade@italiamix.net

Entre em contato conosco pelo e-mail publicidade@italiamix.net e peça nossas condições super conveniêntes.

Vem ai a “Festa da Itália”

Lembramos a todos que no domingo 1º de junho se terá em Belo Horizonte a tradicional “Festa da Itália” na Av. Getúlio Vargas, entre as ruas Prof. Moraes e Tomé de Sousa. Participe!
O ingresso é um quilo de alimento não perecível, que será doado a uma instituição de caridade.
Nós estaremos presentes na barraca do Comites, onde você poderá retirar suas cópias do novo jornal.”
Até lá, então!

Di : Redação ItaliaMix
Editado por : SSTM em português
 Lucinha Dettori

BLOG SARDEGNA TERRA MIA : SE DESPEDE DE “GAVINO DETTORI” escritor e poeta, morto às 23,45,do dia 04 de Maggio de 2019 em San Vito – Sardenha.

21 maio

                                       HOMENAGEM DO BLOG.

537166_472856609441894_322231339_n

GAVINO DETTORI – POETA E ESCRITOR SARDO 

Segunda edição do Blog sstm em português
Por lucinha detorri
 

 Descrever Gavino Dettori não é difícil, pois como todo bom sardo traz consigo o recato peculiar dos povos insulares que é a altivez e o orgulhoso por suas  raízes milenares.

  Gavino não  gosta de falar se seus feitos  pessoais como  escritor e poeta. Sobre sua formação acadêmica, quando perguntado, se diz  formado na “universidade da vida” a qual  ainda frequenta,  o que o iguala aos grandes literatos, sem nenhuma vaidade o presunção. o objetivo maior de sua vida era dedicar-se com afinco e muita paixão, à tarefa de   escritor e poeta.

Mas seu caráter, reservado não escondia a pessoa em humorada e alegre com todos e em especial com seus familiares, característica está da grande maioria dos sardos em especial dos DETTORI, com algumas exceções… Talvez esta seria a grande razão de nós  encantar e surpreender diariamente com lindos e emocionantes poemas.

 Este certamente é o grande legado que nos deixa Gavino Dettori, com sua forma elegante e peculiar de pontuar todos os eventos da vida através de seus poemas. Porém, seu carisma estava na forma de se comunicar através da escrita, nas quais sei, será sempre lembrado, e também da  atenção e gentileza com todos que  o  admirava  e o seguia  em particular nas  redes sociais, que se avolumva a cada dia. 

cidade-de-san-vito

 Um pouco da cidade, onde viveu Gavino dettori, SAN VITO –  ou in sardo ( santu idu)  é um município  belíssimo com 3.869 habitantes, que pertence a região histórica di ‘ sarrabus, na provincia de cagliari –  estende-se por uma área de 231 km2, tendo ua densidade populacional de 17 hab;km2 – faz fronteira com burcel, castiadas, muravera, sinnai, vallaputzu e villasalto.

 O blog sardegna terra mia, lamenta esta grande perda, e envia a odos os seus seguidores e familires suas mais profundos condolencias . DESCANSE EM PAZ QUERIDO AMIGO DE LONGA DATA.

Um afetuoso ADEUS da amiga e admiratora  – lucinha dettori-

 ——————————————————————————————————

GAVINO DETTORI – POETA E SCRITTORE SARDOSeconda edizione di sstm Blog in portoghese
Di lucy detorriDescrivi Gavino Dettori non è difficile, perché come ogni buon sardo porta la modestia peculiare dei popoli dell’isola, che è l’orgoglio e fieri delle loro radici antiche.

A Gavino non piaceva parlare delle sue azioni personali come scrittore e poeta. A proposito della sua formazione accademica, quando gli viene chiesto, si dice che si sia laureato alla “università della vita” alla quale tuttora frequento, il che equivale a grandi letterati, senza alcuna vanità o presunzione. lo scopo principale della sua vita era dedicarsi con duro lavoro e passione, al compito di scrittore e poeta.

Ma il suo carattere riservato non nascondeva la persona in modo umoristico e allegro con tutti, specialmente con i suoi parenti, caratteristica della stragrande maggioranza dei sardi in particolare dei DETTORI, con alcune eccezioni … Forse questa sarebbe la grande ragione per noi di incantare e , sorpresa ogni giorno con poesie belle ed eccitanti.

Questo è certamente la grande eredità che ci lascia Gavino Dettori, con il suo modo elegante e unico a segnare tutti gli eventi della vita attraverso le Tue poesie. Tuttavia, il suo carisma era nella forma di comunicare attraverso la scrittura, in cui so, sarà sempre ricordato, e anche dell’attenzione e della gentilezza con tutti coloro che lo ammiravano e lo seguivano in particolare nei social network, che aumentavano ogni giorno.

Parlo un po ‘della città, dove ha vissuto Gavino Dettori, SAN VITO – o in sardo (IDU santu) è una bella città con 3.869 abitanti, che appartiene alla regione storica di ‘Sarrabus, in provincia di Cagliari – si estende su una superficie di 231 km2, con una densità di popolazione di 17 hab; km2 – confina con burce, castiadas, muravera, sinnai, vallaputzu e villasalto.

Il blog sardegna tierra mia, deplora questa grande perdita, e manda tutti i suoi seguaci e familiari le loro più sentite condoglianze. RIPOSO IN PACE, CARO AMICO DI UNA LUNGA DATA.

Un addio affettuoso,
dell’amico e ammiratore – lucinha dettori-

poema di gavino dettori

 

 

 

 

 BUONA NOTT A TUTTUSU
UN BOM FINAL DE TARDE A TODOS
  
 Uma dúvida me assalta …
 Minha alma anda,
descalço sobre pedras afiadas
 na incerteza de uma
nova vida para além dessa
transcorrida sobre a terra.
 
Os pés sangram, mas
não se curam.  São feridas materiais,
não fazem tanto mal.
 
Aquelas que doem
 são outras, as feridas que ninguém
pode ver.
 
É difícil não saber se as outras feridas,
embora não pertencendo ao
mundo material, serão
abandonadas sobre a terra,
ou se a alma vai trazer com ela,
depois de despedir da
matéria que a provocou.
————————————————————————————————————————————-
BUONA SERATA TUTTUS
 dubbio m’assale…
  L’anima mia cammina,
scalza sui taglienti sassi
dell’incertezza di una
nuova vita oltre quella
trascorsa sulla terra.
 
Le sanguinano i piedi ma
non se ne cura. Son ferite
materiali, non fanno
troppo male. Quelle
che dolgono son altre,
le ferite che nessuno
può vedere.
 
È duro non sapere se l’altre ferite,
pur non appartenendo
al mondo materiale, saranno
abbandonate sulla terra,
o se l’anima le porterà con se,
dopo essersi distaccata
dalla materia che le provocò.
 ———————————————————————————————————————————– 
 
 

UM GRANDE ABRAÇO PARA TODAS AS MAMÃES E EM ESPECIAL PARA AQUELAS QUE ESTÃO ENTRE AS ESTRELAS

10 maio

foto (1) carmela dettori

   
   
 DI:Mria Carmela Dettori 
    Edição SSTM em porturguês
    Por : Lucinha 
 
 
download (1)
PARA MINHA MÃE
   Bati na abóbada celeste
e me apareceu a figura de uma mulher,
com um vestido  azul com flores
batom nos lábios, e o pó que sombreava as
bochechas,
– É você , mamãe ? –
Com um fio de voz engasgada na garganta.
– Como você  está? Você está feliz ? –
– Eu só queria te ver por um momento,
olhar em seus olhos
e dizer-lhe o quanto eu sinto a sua falta,
quantas vezes eu sonhei seu rosto,
quantas vezes eu busquei  a mão que secava  as minhas lágrimas,
o olhar, a voz que quebrava os silêncios a orientar os meus passos.
– Eu queria levá-la entre os grãos
e às  oliveiras num voo de  mil borboletas ,
reunir violetas e sentar-se sobre uma rocha
enquanto  o pôr do sol desbota para vermelho,
mas o destino  tirano foi  o nosso inimigo,
– Você sabe, eu ainda tenho medo do escuro,
mas como você está lá em cima entre as estrelas?
em cada uma   venho  te  buscar ,
são tantas, em cada uma eu vejo o seu  rosto,
e entre os mais brilhantes o sorriso –
– Vamos lá,  no final estou bem e te  penso:
mas você sabe, mãe , aqui agora é maio,
Eu queria que você tivesse os melhores votos ,
dar-lhe um beijo e deixar uma mensagem:
uma rosa , as pétalas no sopro do vento
e cheiros de amor e de coragem  .
– MCD-

—————————————————————————————————————————————–

UN GRANDE ABBRACCIO PER TUTTI MAMMA E SOPRATTUTTO PER COLORO CHE SONO TRA LE STELLE

A MIA MADRE
Ho bussato alla volta del cielo
e mi è apparsa una figura di donna,
un abito blu con i fiori
e sulle labbra il rossetto,
e la cipria che ambrava le gote
-sei tu, mamma?-
m’uscì dalla gola quasi strozzata
-come stai? sei felice?-
-volevo soltanto vederti un istante,
guardarti negli occhi
e dirti quanto mi manchi,
quante volte ho sognato il tuo volto,
quante volte ho cercato la mano
che asciugasse ancora il mio pianto,
lo sguardo, la voce che frantumasse
i silenzi e guidasse il mio passo-
-avrei voluto portarti fra il grano
e gli ulivi nel volo di mille farfalle,
raccogliere viole e sederti su un sasso
mentre il tramonto ti sfuma di rosso,
ma il destino tiranno fu nostro nemico-
-sai, ho ancora paura del buio,
ma tu come stai lassù fra le stelle?
ogni tanto ti vengo a cercare,
son tante, in ognuna rivedo il tuo viso
fra le più luminose il sorriso-
-suvvia, alla fine sto bene e ti penso,
ma sai, mamma, quaggiù ora è maggio,
volevo farti gli auguri,
darti un bacio e lasciarti un messaggio:
una rosa, che i petali sfoglia nel vento
e profuma d’amore e coraggio-.
-mcd-