Arquivo | outubro, 2014

POETAS E POESIAS SARDA : DI CARMELA DETTORI

18 out

 
Por SSTM – Brasil
Edião – Lucinha dettori
                                                                                                                          
POETISA CARMELA DETTORI
foto (1) carmela dettori 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  
poesia de carmela
EU 

A vida não me muda,
sou sempre a mesma,
sou muitas vezes alegre,
às vezes deprimida,
e me embaralho, e fico confusa,
Lamento, me bato,
corro e retardo,
uma mãe que amamenta,
Uma mulher que espera,
um caso de amor acabado,
uma paixão à espreita,
Você, do meu ventre
demônio ou anjo.

Às vezes eu me torna poesia,
às vezes  barro,
uma angustiosa noite esvaziada
da qual sugo a casca,
entre o vinho e a sujeira,
às vezes sou firmamento,
de brilhantes estrelas,
que ofereço aos transeuntes.

Nossa vida afinal
não muda,
e uma paleta de autor,
com contornos e sombreados,
nos quais, algumas vezes,
tem um colorido comun.

Hoje, sou cinza
como um céu de chuva,
amanhã sou amarelo
como os raios do sol.

E nos corações de todos,
se possível fosse, eu, o pintor,
somente faria  com o  negro,
dois traços de mistério. 

-MCD-

IO
La vita non mi cambia,
sono sempre la stessa,
spesso sono allegra,
a volte sono depressa,
e mi arrabatto, mi confondo,
mi rinnego, mi sbatto,
corro e rallento,
una madre che allatta,
una donna che aspetta,
un amore finito,
una passione in agguato,
tu, del mio ventre
angelo indemoniato.
A volte divento poesia,
a volte son fango,
un’uggiosa serata svuotata
di cui succhio la buccia,
tra vino e sporcizia,
a volte son firmamento,
di stelle sfavillanti,
che offro ai passanti.
La nostra vita alla fine
non cambia,
tavolozza d’autore,
contorni netti e sfumati,
da cui ognuno, di volta in volta,
mutua un colore.
Oggi sono grigia
come un cielo di pioggia,
domani sono gialla
come i raggi del sole.
E nel cuore di tutti,
s’esser potessi, io, il pittore,
solo farei col nero,
due schizzi di mistero.
-MCD-
——————————————————-XXXXX———————-
 
10636041_10202157548174761_5779555216963503776_n
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
AMO
Na minha vida, eu não fiz mais que 
AMAR,
além de todo o senso comum,
sobre o coração
quebrado no peito,
quando a sua volta está desmoronando
quebrado com chicotadas,
quando o corvo resmungou
voraz seu ódio
e dizia-me odeia!
EU  AMAVA!
Eu nunca perdoei
meus carrascos,
sepultado na indiferença,
sobre as feridas, bordei
AMOR,
inexato, exagerado, o meu passo 
era mais longo do que o meu
rancor.
 
A carícia negado,
paixão assustada, frustrada,
como cristais  de espumantes
que caem em partículas de gelo,
e a gazela nunca está ofegante, 
corria e gritava mais e mais
AMOR,
errado, incompreendido, esmagado
como grãos de trigo nas pedras,
mas como a única razão
nunca derrotado,
fonte da sua própria fonte,
agora e sempre
ao lado do caminho,
agora e sempre
ao  lado do caminho !
 ———————————————-XXXXX———————
AMO
Nella mia vita non ho fatto che
AMARE,
oltre ogni buonsenso,
oltre il cuore che
si frantumava in petto,
 
quando la schiena cadeva a pezzi
rotta dalle frustate,
quando il corvo gracchiava
famelico il suo odio
e mi diceva ODIA!
Io AMAVO!
 
Non ho mai perdonato
i miei carnefici,
sepolti nell’indifferenza,
sulle ferite ho ricamato
AMORE,
impreciso, esagerato, sfruttato,
il mio passo era più lungo
del rancore.
 
Una carezza negata,
passione impaurita, frustrata,
cristalli scintillanti
che cadevano in pulviscoli di brina,
e la gazzella non ansimava, mai,
e più correva e più gridava
AMORE,
sbagliato, incompreso, schiacciato
come grani di grano dalle pietre,
ma come unica ragione
mai sconfitto,
fonte della sua stessa fonte,
ancora e sempre
gli cammino affianco,
ancora e sempre
gli cammino… affianco!
-MCD-
 

 

ESPECIAL DO DIA DAS BRUXAS NO BED & BREAKFAST OASIS TRA GLI ULIVI – SARDEGNA

15 out

 Di. Maria Euenia Ribichesu
 Edição – Blog SSTM – BRASIL
VERSÃO EM BRASILEIRO
Por Lucinha Dettori    
 Revisor – Prof. Bruno Benedtti      

  

bed-breakfast-590x250

 

dias das bruxas



dia das buxas no Oasis

 

 

                                                                                                               


 

 

 

 

   

 

 

 

 

di das bruxas no Oasis

 

 

 

 

 

 

Dia das bruxas no Oasis 3

 

l_o

maria-eugenia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MARIA EUGENIA RIBICHESU

 
 
 
 
 
 
  Está é Maria Eugenia Ribichesu : Uma Jovem empreendedora da área de hospitalidade e ferrenha defensora do TURISMO SUSTENTÁVEL.
 
  Há alguns meses atrás fiz um artigo a respeito desse assunto no qual Maria nos fala como  SER ECO-SUSTENTÁVEL GERINDO UM BED & BREAKFAST . Este pode ser  lido  entrando no link https://sardegnaterramia.wordpress.com/?s=Maria+Eugenia+Ribichesu&submit=Pesquisa.
 
 Titulo : WWW. ECONOTE. IT – ENTREVISTA MARIA EUGENIA RIBICHESU:JOVEM E TALENTOSA EMPREENDEDORA HOTELEIRA DA CIDADE DE SASSARI- SS.
 
 A especialidade de Maria, além de gerir o hotel juntamente com seu pai Alessandro Ribichesu  e de elaborar eventos temáticos em época especiais na Ilha.
 
 A vantagem de participar desses eventos, além de conhecer o B&B , situado em Taniga Baldela, a apenas cinco minutos de Sassari e aquele de desfrutar do privilégio único de estar em contato com a exuberante natureza campestre do local. Claro, sem deixar de mencionar, a calorosa acolhida que irá receber de seus anfitriões. 
 
Se você vai viajar para ilha ou estará ali  no dia 31 de outubro de 2014, uma boa pedida e a de participar desse inusitado e divertido programa de Halloweem. 
 
Como gestora e organizadora deste eventos, Maria nos dá uma descrição através de fotos temáticas, de como será a programação e o evento em si : “A localização permite um cenário de emoção: o campo, a pouca iluminação local, o silêncio da noite quebrado apenas por alguns latidos de cães e o Cri, Cri  frenético dos grilos.
 
 A ideia é organizar uma festa a fantasia com filmes temáticos de terror e o ritual típico de “trick or treat” em torno do bairro.
 
 Os jovens serão seguidos por um adulto de animação que permanecerá na casa.
 
 Custo por participante: € 40 incluindo um farto e delicioso  café da manhã.
 
 Para mais informações, por favor escreva um e-mail para beboasitragliulivi@hotmail.it
ou ligue para 340 7246730
 Data: 31 de outubro de
 Reservas limitadas.
————————————————————————————————————————————————————
 SPECIALE HALLOWEEN
 Questa è Maria Eugenia Ribichesu: Giovane emprendora nel settore dell’ospitalità e feroce difensore del turismo sostenibile.
 
Pochi mesi fa ho fatto un articolo su questo argomento, mo che Maria ci parla come ESSERE ECO-SOSTENIBILE La gestione di un BED & BREAKFAST. Questo può essere letto inserendo il link https://sardegnaterramia.wordpress.com/?s=Maria+Eugenia+Ribichesu&submit=Pesquisa.
 
 Titolo: WWW. ECOnote. IT – INTERVISTA MARIA EUGENIA RIBICHESU: giovani talenti e imprenditoriale CITTÀ ALBERGO SASSARI- SS.
 
 La specialità di Maria oltre a gestire insieme al padre Alessandro Ribichesu ed elaborare eventi a tema nei periodi di eventi speciali.
 
Il vantaggio di partecipare a questi eventi, oltre a conoscere il B & B, situato in Taniga Baldela, a soli cinque minuti da uno di Sassari e godere del privilegio unico di essere in contatto con la natura esuberante della campagna locale. Naturalmente, per non parlare della calorosa accoglienza che riceverete da loro ospiti.
 
  Se si viaggia per l’isola o sarà lì alla data di 31 di ottobre di 2014, una buona scelta ed a partecipare a questo programma insolito e divertente Halloweem .
 
Come manager e organizzatore di questi eventi, Maria ci dona attraverso le foto tematiche, come sarà la pianificazione e l’evento stesso.:
 
 
 “La posizione permette uno scenario di emozioni: il campo, la poche luce locale, il silenzio della notte rotto solo da un paio di cani che abbaiano e grilli com i il frenetico Cri, Cri.
 
 L’idea è quella di organizzare una festa in costume, film horror a tema e il rituale tipico del “dolcetto o scherzetto” in giro per il quartiere.
 
Il giovane sarà seguita da un’animazione adulto che rimarrà in casa.
 
 Costo a partecipante: € 40 compresa la prima colazione.
 
 Per ulteriori informazioni, si prega di inviare una email a
beboasitragliulivi@hotmail.it
o chiamare il 340 7246730
Data: 31 ottobre
Riserve limitate.
 
 
 
 
 
 
 

SÉRIE: “PIED DANS L’AU’ OU ‘ “COM OS PÉS NA ÁGUA’ POSADA –SEGUNDA PARTE.

10 out

di luigi puggioni
por lucinha ettori
edição sstm em brasileiro

 

Posada002

Posada001

Posada ( Latin : Pheronia, Sardenha : Pasada), também conhecida como Feronia ou Pausata, é um município na província de Nuoro região da Sardenha . Ela faz fronteira com os seguintes municípios: Budoni , Siniscola e Torpè . (wiki)

                                         “CONHEÇA OS LUGARES MAIS INCRÍVEIS DO INTERIOR DA SARDEGNA” 

Na Sardenha é comun  ouvir chamar as zonas da ilha pelos nomes antigos, Gallura, Logudoro, Anglona, Planargia, e Campidano.

In Sardegna è frequente sentir chiamare le zone dell’isola con gli antichi nomi, Gallura, Logudoro, Anglona, Planargia, Campidano.

 Cada zona tem um encanto e uma magia particular. Para mim, a Gallura onde eu nasci, o Logudoro dos meus pais com quem aprendi a língua e sabores antigos, o Campidano onde eu cresci , são lugares da alma.

Ogni zona ha un fascino e una magia particolare.  Per me la Gallura in cui sono nato, il Logudoro dei miei genitori dai quali ho imparato la lingua e i sapori antichi, il Campidano in cui sono cresciuto sono luoghi dell’anima.

 Outro lugar da alma, que eu me apaixonei já adulto é aquele pedaço da Sardenha oriental que se estende sobre o mar entre a Barony e l’Ogliastra, das quais, a natureza da embutida Barbagia Oriental.

Un altro luogo dell’anima del quale mi sono innamorato da adulto è quel pezzo della Sardegna orientale che si stende sul mare tra la Baronia e l’Ogliastra, e tra le quali, la natura ha incastonato la Barbagia orientale.

 O Barony é alcançado com o SS 131 DCN, passando  sob Nuoro e viajando em direção ao mar.

La Baronia si raggiunge con la statale 131 DCN, si passa sotto Nuoro e si viaggia verso il mare.

 O último trecho da estrada atravessa as vinhas e pastagens nas montanhas, em uma longa cadeia de montes que se elevam a uma altura de mais de 1000 metros e termina de repente no branco imponente  Monte Albo.

L’ultimo tratto di strada corre tra le vigne i pascoli e le montagne, una lunga catena di monti che crescendo di altezza fino a oltre 1000 metri e finisce all’improvviso nel bianco imponente del Monte Albo.

 Uma viagem a Barony, por razões geográficas,  não por importancia, só pode começar a partir de Posada.

Un viaggio nella Baronia, per ordine geografico non per importanza, non può che iniziare da Posada.

   Se entra na cidade e sai em ruas estreitas rumo ao  castelo da Fava até o início da antiga aldeia medieval no cimo de uma rocha.

Si entra nel paese e di sale su strade strette verso il castello della Fava fino all’inizio del vecchio borgo medioevale arrampicato su una roccia.

 A partir da aldeia na planície  se vê o mar e o perfil do Monte Albo. E  dentro das ruas de paralelepípedos entre o silêncio, a sensação de tranquilidade, é tão antigas quanto as pedras.

Dall’alto del borgo di vedono la pianura il mare e il profilo del Monte Albo, all’interno tra le stradine lastricate il silenzio e il senso di tranquillità sono antiche come le pietre.

GALERIA DE FOTOS 

Posada017

Posada018

Posada016

Posada014

Posada013

Posada012

Posada011

 

Posada010

 

Posada009

Posada008

Posada007

Posada006

 

Posada004

Posada003

 

A HISTÓRIA DE LOLLOVE : A MENOR CIDADE DO MUNDO

7 out

Fonte : http://www.sardegnaabbandonata.it/lollove/

Por SSTM

Edição em língua brasileira – Lucinha dettori

DSC01171 Elena/Lucinha-Sassari-SS.2013

Caros amigos,

 Dedico este artigo, em especial, a uma querida amiga e verdadeira alma gêmea quando o assunto é descobrir as coisas inusitadas da bela ilha Sardenha.

Seu nome é Elena Santos. O mais curioso que ela não possui nenhuma descendência Sarda, mas o coração o e alma são como se ali tivesse nascido.

Em uma das nossas longas e prazerosas conversas por telefone, ela em São Paulo e eu em Minas, me falou sobre a pequenina Lollove, e do seu desejo em inclui-la em nosso próximo roteiro à Sardenha. Mas antes que isto não aconteça, compartilho com os amigos este incrível lugar. Um a mais dos tantos ainda a  redescobrir na mítica ilha dos Nuraghe milenares.

Abraço afetuoso a todos

Lucinha Dettori 

120 (1)






 Lollove, uma cidade fora do tempo

 Mesmo que a atmosfera é apenas isso, Lollove não pode ser considerada uma cidade fantasma  de verdade. Por uma razão simples: a de que, aqui, a população, por mais exígua que seja. Vinte e seis residentes, segundo os últimos dados, sobretudo pessoas idosas.

 Lollove, un paese fuori dal tempo – Lollove (NU)
 
Anche se l’atmosfera è proprio quella, Lollove non si può considerare un vero paese fantasma. Per un semplice motivo: e cioè che, qui, una popolazione, per quanto esigua c’è. Ventisei residenti, secondo gli ultimi dati, soprattutto persone anziane.
 
 Mas a atmosfera que transforma única esta  minúscula aldeia a poucos quilómetros de Nuoro é o fato de que se manteve praticamente inalterado. Lollove e ainda hoje assim como eram nas antigas vilas rurais da região central da Sardenha. Mais ou menos.
 

 Ma l’atmosfera che rende unico questo minuscolo borgo a pochi chilometri da Nuoro è data dal fatto che è rimasto praticamente intatto. Lollove è ancora oggi così com’erano gli antichi borghi rurali della Sardegna centrale. Più o meno.

   As poucas casas habitadas tem como vizinhos as ruínas abandonadas,  entre as cabras, gatos e cavalos, você também pode ver alguns suv moderno. Passeando pelas ruas estreitas de paralelepípedos parece estar em um lugar fora do tempo.

 Le poche case abitate hanno come vicini di casa dei ruderi abbandonati, ma tra capre, gatti e cavalli, si vede anche qualche moderno suv. Passeggiando tra le stradine di ciottolato sembra di essere in un luogo fuori dal tempo.

 Não há comercio, escolas, bares o escritórios. Apenas algumas casas, uma taberna e uma bela vista do vale. Lollove – pelo menos por agora – foi protegido da modernidade, ou da cimentificação desenfreada e selvagem.

 Non ci sono negozi, scuole, bar o uffici. Solo qualche casa, una trattoria e una bella vista sulla vallata. Lollove – almeno per il momento – è rimasto al riparo da modernità, ristrutturazione selvaggia o cementificazione.

 É como um por porta joia que preserva a memória daquela Sardenha que um dia não será a mesma. Durante o ano, há diversas  ocasiões em que a aldeia está aberto a turistas e viajantes curiosos se anima, como acontece em muitos outras cidades da  região da Barbaria.

 E’ come uno scrigno che conserva la memoria di quella Sardegna che non ci sarà mai più. Durante l’anno ci sono diverse occasioni in cui il borgo si apre a turisti, curiosi e viaggiatori e si anima come capita in molti altri paesi della Barbagia.

   Mas se você visitar Lollove em um dia qualquer o reinante é a tranquilidade: a população é invisível e silenciosa, apenas alguns lareira, algumas vozes à distância, além dos muitos gatos que o acompanham durante toda a viagem. Não muito longe da aldeia também há um cemitério, obviamente, pequena proporcional ao tamanho da aldeia.

 Ma se si visita Lollove in un giorno qualunque a regnare è la tranquillità: la popolazione è invisibile e silenziosa, solo qualche caminetto acceso, qualche voce in lontananza, oltre ai molti gatti che vi accompagnano per tutto il percorso. Non lontano dal paese c’è anche il cimitero: ovviamente piccolo, proporzionato alle dimensioni del centro abitato.

 Lollove também tem a sua própria lenda, transmitida pela tradição oral dos mais velhos, que conta a história de uma maldição como a de Rebeccu. Estas seriam  madres que, após uma delas  ter sido expulsa com a acusação de ter mantido  relação carnal  com um pastor, amaldiçoaram a cidade com as palavras “Lollove a ser Chei S’abba è su mare: (” Lollove será como a água do mar, não  crescerá e nunca morrerá “).

 Anche Lollove ha la sua leggenda, tramandata dalla tradizione orale degli anziani, che racconta di una maledizione simile a quella di Rebeccu. In questo caso furono delle suore che, cacciate via dopo che una di loro era stata accusata di avere rapporti con un pastore, maledirono il paese con le parole “Lollove as a esser chei s’abba è su mare: no as a crescher nen parescher mai!” (trad. “Lollove sarai come acqua del mare; non crescerai e non morirai mai”).

Aqui, também, Grazia Deledda  ambientou o seu romance, “A Mãe”. Em Lollove em 1990 foi filmado um documentário agradável, os dias de Lollove, Ignazio e Virgil Figus Piras.

 Qui, inoltre, Grazia Deledda ambientò il suo romanzo “La madre”. Su Lollove nel 1990 è stato girato un bel documentario, I giorni di Lollove, di Ignazio Figus e Virgilio Piras.

—————————————————————————————————-.X.X.X.———————————————-

 Lollove (NU) GALARIA DI FOTI

452

217

107-720x360

313 (1) 

432

401

323

314

342

242

232

145

332

175

1111

392

77


510


87

126



218





442

472

EIS AS DEZ BELEZAS DA SARDEGNA QUE O MUNDO DEVERIA SE INVEJAR

4 out

FONTE; SARDEGNA REMIX
http://sardegnaremix.com
POR SSTM EM BRASILEIRO
EDIÇÃO :LUCINHA DETTORI 

Este é um dos sites que mais exalta e publica belas coisas da Sardegna. Por este motivo gosto de reproduzir alguns de seus inúmeros artigos sobre a ilha.

 “Ok, sabemos: A Sardenha é bela em tudo! Mas há lugares da nossa bela ilha que o mundo inteiro tem inveja de nós … ou deveria invejar. Se isso não acontece, é porque eles são, provavelmente, pouco conhecido do público em geral. Então, hoje nós decidimos compilar um ranking das 10 belezas da Sardenha que o mundo inveja. Lugares verdadeiramente úncios  para uma visita obrigatória. Aqui estão eles …”

ECCO LE 10 BELLEZZE DELLA SARDEGNA CHE IL MONDO DOVREBBE INVIDIARCI
Ok lo sappiamo: la Sardegna è bella tutta! Ma ci sono posti della nostra meravigliosa Isola che tutto il mondo ci invidia…o dovrebbe invidiarci. Se non lo fa è perché probabilmente sono poco conosciuti al grande pubblico. Per questo oggi abbiamo deciso di stilare la classifica delle 10 bellezze della Sardegna che il mondo dovrebbe invidiarci. Luoghi davvero unici e assolutamente da visitare. Eccoli… 
 
foto 1

BELVEDERE DI NEBIDA(foto Ivan Sgualdini)

 grotta-del-fico-04
GROTTA DEL FICO – Baunei (foto mareogliastra.com)
FOTOS SARDEGNA 3

S’ARCHITTU – Cuglieri (foto juzaphoto.com)

foto 4

CASTELSARDO E IL SUO CASTELLO (foto argentiera.catelmeteo.it)

foto 5

DUNE DI PISCINAS – Arbus (foto provincia.mediocampidano.it)

foto 6

PORTO FLAVIA – Iglesias (foto lalunasulladuna.com)

FOTOS SARDEGNA 9

THARROS E LA SUA COSTA – Cabras(foto antika.it)

FOTOS SARDEGNA 10

TRENINO VERDE IN OGLIASTRA (foto sardegnaeventi24.it)