Arquivo | abril, 2015

Sa die Sa Sardinia ou : O Dia do Povo Sardo

28 abr

Senza titolo-1

Sa die Sa Sardinia (Sardenha Dia da Sardenha) é um dia de festividades estabelecidas pelo Conselho Regional da Sardenha em 14 de outubro de 1993 . Está é uma  celebração da tomada do Stamenti (O Stamenti foi o parlamento da Sardenha, composta por representantes dos três  estado do reino . O termo “stamenti” é o plural de “stamento”,  uma italianização da antiga palavra espanhola “estamento”, que se referia a uma propriedade do reino.) durante  a “sommossa dei vespri sardi.” Ou o motim das vésperas sardas.

 A festa recorda o motim das vésperas sardas em  28 de abril de 1794 que  obrigou a fugir de Cagliari o Vice-rei Vincenzo Balbiano e funcionários Savoy, na sequência da recusa de atender às demandas do então Reino da Sardenha para reservar aos sardos os cargos públicos da Sardenha, um Conselho de Estado em Cagliari, perto da sede do vice-rei e a criação de um Ministério em Turim para negócios em Sardenha. Voltando a revolta, alguns pedidos foram recebidos em 1796.

Durante as festividades, ao contrário da festa do padroeiro, as repartições públicas da ilha permanecem em aberto, no entanto as  escolas fecham.

Sa Die di As Sardinia é a festa do povo da Sardenha lembrando o chamado “Vésppri Sardi”, que é a revolta popular de 28 de abril de 1794 com a qual eles se afastaram Cagliari os piemontês e o vice-rei Balbiano na sequência da recusa do governo de Turinenses de atender às demandas dos titulares do reino da ilha da Sardenha.

Os sardos estavam pressionando por sua parte reservada dos cargos civis e militares e uma maior independência das decisões da classe dominante local. O governo piemontês se recusou a aceitar qualquer pedido, por isto a burguesia da cidade com a ajuda do resto da população provocou a insurreição.

O movimento de rebelião foi já iniciada na década de oitenta do século XVIII e foi continuada nos anos noventa por tocar na ilha. As razões eram política e ordem econômica juntos.

A razão para o descontentamento popular foi devido ao fato de que a Sardenha tinha sido envolvido na guerra contra a França revolucionária os estados europeus e, portanto, contra a Piemonte.

Em 1793 a frota francesa tentou apropriar-se da  ilha,  desembarcando em Carloforte  e depois insistindo em Cagliari.

Os sardos, no entanto, resistiu por qualquer meio, em defesa da sua terra e do Piemonte, que então governava na Sardenha.

 Essa resistência ao francês havia inspirado as almas, portanto, se espera um reconhecimento e recompensa do governo do Savoy por sua lealdade à Coroa.

A centelha que provocou o protesto foi a prisão ordenada pelo vice-rei de dois líderes da chamada “partido patriótico”, os advogados Cagliaritanos  Vincent Cabras e Efisio Pintor.

Estamos precisamente  em 28 abril de 1794: a população enfurecida  decidiu expulsar da cidade e do vice-rei Balbiano tudos os  Piemonteses, que em maio do mesmo ano, foram abordados a força e enviado de volta para a sua região.

Incentivado pelos acontecimentos em Cagliari, os habitantes de Alghero e Sassari fezeram o mesmo enfrentamento.

A  Celebrações é comemorada nas quatro Capitais das Provincias, as quais foram muito  afetada por muitos acontecimentos Históricos, que é organizado Pela Região, em Memória dos motins de 28 de abril de 1794, quando, ou vice-rei Vincenzo Balbiano e Funcionários Savoy, foram expulsos da Sardenha.

Fonte: Enciclopédia livre

Por SSTM – Brasil

Ed. Lucinha Dettori

 

 

 

————————-————————————————————

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CAGLIARI – DO PROJETO MENOS CERVEJA E MAIS LIVROS : NASCE A ESCOLA DE POESIA DE IS MIRRIONIS.

27 abr

foto de gianni Mascia grande Este é um projeto que todos deveriam imitar. Do SLENGARIO COMUM Cantos e contos do interno e os arredores, a partir do Gergu de Soparma, gíria da mala Cagliari em voga até 40 anos atrás, tem como objetivo processar e codificar um glossário de gírias comuns entre os usuários da escola Popular da poesia Is Mirrionnis, organizado pelo Circolo Me-Ti Via Mandrolisai 58, e os do centro Åsarp, na cidadela Sanitaria Via Romagna, que dão à luz o húmus para um laboratório permanente da escrita e interpretação da palavra literária culminando em uma Vídeo Praça Teatral.

A escrita, num primeiro momento da criação, será estimulada por leituras de Baudelaire, Rimbaud, Bukowski, Merini, Atzeni e outros autores propostos pelos participantes e pelas ações de poetas e escritores que falam sobre sua experiência de vida através de performances e apresentações de seus livros mais que as exibições de filmes.

A Escola Popular de Poesia também quer ser um lugar onde eles se encontrariam com outras culturas e gerações que aumentam a riqueza da diversidade.

As inscrições podem ser realizadas em Me-Ti e Åsarp (vai pedir cada escrever um subsídio igual a seus meios), e a abertura está prevista para terça-feira 5 maio de 18 em diante, no Me-Ti com “Nibba em cuntru” interação entre o livro “Contos da mala Cagliaritana” de Gianni Mascia e curta de  “Kyrie eleison (a Fill’e preri)” Bepi Vigna.

Apresentara  a noite Enrico Lobina, Alessandro Macis e Nicola Calledda. As inscrições devem ser feitas no clube na terça-feira e quinta-feira. Info: colorisdelimbas58@gmail.com ou 3282819349 e 3408853138

———————————————————————

Testo original All’interno del progetto MenoBirraPiùLibri,SLENGARIO COMUNE Cantos e contos da inferno e dintorni. Partendo da su Gergu de Soparma, lo slang della mala cagliaritana in auge fino a una quarantina di anni fa,  s’intende elaborare e codificare un glossario gergale comune tra gli utenti della Scuola Popolare di Poesia di Is Mirrionis, ospitata dal circolo Me-Ti di Via Mandrolisai 58, e quelli del centro ASARP, presso la cittadella sanitaria di Via Romagna, da cui far nascere l’humus per un laboratorio permanente di scrittura e interpretazione della parola letteraria che culmini in una VideoPieceTeatrale.

La scrittura, primo momento creativo, sarà stimolata da letture tratte da Baudelaire, Rimbaud, Bukowski, Merini, Atzeni e altri autori proposti da partecipanti e dagli interventi di poeti e scrittori che racconteranno la loro esperienza di vita attraverso performance e presentazioni dei loro libri oltre che da proiezioni cinematografiche. La Scuola Popolare di Poesia vuole essere anche un luogo in cui s’incontrino generazioni e culture altre che esaltino la ricchezza delle diversità.

Le iscrizioni si potranno effettuare presso Me-Ti e ASARP (si chiederà a ciascun iscritto un contributo pari alle proprie possibilità) e l’inaugurazione è prevista per Martedì 5 Maggio dalle 18 in poi presso il Me-Ti con “Nibba su cuntru” interazione tra il libro “Racconti della mala cagliaritana” di Gianni Mascia e il corto “Kyrie eleison (a Fill’e Preri)” di Bepi

Vigna. Presenteranno la serata Enrico Lobina, Alessandro Macis e Nicola Calledda. Le iscrizioni vanno fatte presso il circolo di Martedì e Giovedì sera. Info: colorisdelimbas58@gmail.com o 3282819349 e 3408853138

O CASAL PROMETIDO :ELE 103 E ELA 91 ANOS

26 abr

                                   “Nunca é tarde” A comovente história de Doreen e George:

george        Em poucos dias, vai ser marido e mulher, coroando uma união que já dura 27 anos e que cria um casal verdadeiro.  Doreen Luckie e George Kirby, de fato, são o “Prometidos recorde”: ele tem 102 anos, ela e 91 vão se casar no dia do aniversário de 103 George, em 13 de junho.

 O casamento será realizado em um hotel em Eastbourne, Sussex, de propriedade de um filho de George, Neil.Além disso, a relação entre as famílias dos dois “namorados” são excelentes e faz o mesmo Neil não hesite em chamar Doreen “como uma mãe”, agradecendo-lhe por ter assistido seu pai nos últimos 27 anos.

 Como diz o tablóide Metro, estes dias se preparando para o casamento, com Doreen apressada com a compra de seu vestido de casamento, enquanto George parece mais calmo e relaxado.

 Além disso, os dois dizem que eles são surpreendidos pelo fato de serem que um casal recorde, como Doreen diz: “É estranho, há tantos centenários hoje, e estávamos convencidos de não sermos os únicos a pensar em casamento nessa idade “.

 FONTE Editorial – http://www.fanpage.it/i-promessi-sposi-da-record-lui-ha-103-anni-lei-91/#ixzz3YRPFLiTW

http://www.fanpage.it

Por SSTM – Brasil

Edição : Lucinha Dettori

 ——————————————————————————–

I promessi sposi da record: lui ha 103 anni, lei 91

ULTIME NOTIZIE 26 APRILE 2015  11:27 di redazione

2015-04-26_1115

 “Non è mai troppo tardi”

La commovente storia di Doreen e George:

 Fra pochi giorni saranno marito e moglie, coronando un’unione che dura da ben 27 anni e stabilendo un vero e proprio primato. Doreen Luckie e George Kirby, infatti, sono i “promessi sposi da record”: lui ha 102 anni, lei 91 e si sposeranno proprio nel giorno del 103esimo compleanno di George, il prossimo 13 giugno. Il matrimonio avverrà in un hotel di Eastbourne, nel Sussex, proprietà di uno dei figli di George, Neil. Del resto, i rapporti fra i familiari dei due “fidanzati” sono ottimi e lo stesso Neil non esita a definire Doreen “come una mamma”, ringraziandola per aver assistito il padre negli ultimi 27 anni.

 Come racconta il tabloid Metro, in questi giorni fervono i preparativi per le nozze, con Doreen alle prese con l’acquisto del suo abito nuziale, mentre George sembra più tranquillo e rilassato. Del resto, i due si dicono sorpresi del fatto di essere una coppia da record, come spiega Doreen: “È strano, ci sono tante persone ultracentenarie al giorno d’oggi ed eravamo convinti di non essere i soli a pensare al matrimonio a questa età”.

 continua su: http://www.fanpage.it/i-promessi-sposi-da-record-lui-ha-103-anni-lei-91/#ixzz3YRPFLiTW

http://www.fanpage.it

——————————————————————-

 

ITÁLIA: COMPRE UMA CIDADE MEDIEVAL POR APENAS 550 000 €

26 abr

Por que comprar uma casa na cidade, com a mesma quantidade se você pode comprar um país inteiro? É Valle Piola, vila medieval desabitada, para venda a um preço muito atraente.

valle-piola1Fonte: ARCHITETTURANEWS 21 de abril de 2015 16:4 -/(texto in Italiano) http://design.fanpage.it/italia-vendesi-intero-borgo-medievale-a-550-mila-euro.

Clara Salzano Vale-piola

Por SSTM – Brasil

Ed. Lucinha Dettori

É desde 1977 que a vila medieval de Valle Piola está entre as aldeias abandonadas da Itália.

Localizado no coração do Parque Nacional de Gran Sasso, está entre os muitos países cujo fantasma é  pontilhada nossa península, pequenas aldeias, cidades, lugares uma vez abitados, distribuídos mais ou menos uniformemente em toda a Itália, que, ao longo dos últimas décadas, sofreram o fenômeno do abandono.   

Por algum tempo, falamos de todos estes países italianos que tenham sofrido uma súbito despovoamento e a lenta decadência de seus edifícios deixados ao desgaste do  tempo; de Norte a Sul, região por região, a lista de lugares e aldeias abandonadas da Itália, sem vida, esquecidos, é muito longo.

 Mas Valle Piola tem sido por muito tempo na vanguarda da atenção internacional devido à venda na íntegra. Já em 2011, a charmosa vila fantasma tinha vindo nas páginas dos principais jornais do mundo, porque eles estão vendendo no eBay em 2013, em Kijiji e em 2014 novamente em outro site de anúncios imobiliários, mas parece que Valle Piola não pode apenas encontrar um comprador, apesar do preço muito atraente: apenas 550 000 euro.  

valle-piola 2  

É o Telegraph  salientar o negócio: o mesmo custo de um apartamento modesto em Londres você pode comprar toda a vila medieval de Valle Piola. E a aldeia deserta da cidade de Torricella Sicura, na província de Teramo, não é apenas uma oferta atraente para o preço de venda de apenas 550 Euros , mas por seu valor histórico que traça a primeira documentação da existência da cidade ainda em 1059.

 Valle Piola é composto por 11 edifícios, todos feitos de alvenaria de pedra local para uma área total de 3800 metros quadrados e terreno circundante para 60 mil metros quadrados.

 Certamente, o  burgo deve ser restaurado completamente, mas há também alguns elementos arquitetônicos como Gafio realmente raro antigo balcão de madeira de Lombard e uma forma de U prédios urbanos com apenas uma estrada que liga a vila para o resto do mundo, típica traçado medieval.  

A razão para um preço de venda de tais conteúdos reside na falta de fundos disponíveis da administração da cidade para uma restauração necessária, mas também para a segurança do país contra o vandalismo.

 Um possível alvo para possíveis compradores seria transformar Valle Piola em um hotel popular, como tem acontecido até a vila de Santo Stefano, também em Abruzzo, comprado de um empresário ítalo-sueco que fez um destino de luxo rentável.  

 Hoje em Valle Piola é realizado o encontro anual dos Cavaleiros “Memorial Cesare Folha”, em agosto de 2013 e foi renovado a casa da fazenda de propriedade da cidade, alugou o Proloco de Torricella Sicura, para organizar o evento.  Mas o país não tem um comprador e você pode encontrar todas as informações necessárias sobre o site on-line de Valle Piola disponível em várias línguas, apenas para olhar fora da Itália um possível investimento. 

Valle_Piola_3 Texto origibale in Italiano leggere.

 di Clara Salzano valle-piola È dal 1977 che il borgo medievale di Valle Piola è tra i paesi abbandonati d’Italia. Situato nel cuore del Parco Nazionale del Gran Sasso, è tra i numerosi paesi fantasma di è cui costellata la nostra penisola, piccoli borghi, cittadine, località un tempo abitate, sparsi più o meno omogeneamente su tutto il territorio italiano, che, nel corso degli ultimi decenni, hanno subito il fenomeno dell’abbandono.   Già da tempo si parla di tutti questi paesi italiani che hanno vissuto un improvviso spopolamento e la lenta rovina dei propri edifici lasciati all’incuria del tempo; da Nord a Sud, regione per regione, la lista dei luoghi e dei paesi abbandonati d’Italia, privi di vita, dimenticati, è davvero lunga.  Ma Valle Piola è da tempo alla ribalta dell’attenzione internazionale perché in vendita per intero. Già nel 2011 il suggestivo paese fantasma era giunto sulle pagine dei maggiori giornali del mondo perché messo in vendita su eBay, nel 2013 su Kijiji e nel 2014 di nuovo su un altro sito di annunci immobiliari, ma sembra che Valle Piola non riesca proprio a trovare un acquirente nonostante il prezzo davvero allettante: appena 550 mila euro.  È il Telegraph a sottolineare l’affare: allo stesso costo di un modesto appartamento a Londra è possibile acquistare l’intero borgo medievale di Valle Piola. E il paese disabitato del comune di Torricella Sicura, nella provincia di Teramo, non solo risulta un’offerta allettante per il prezzo di vendita di soli 550 ila euro, ma per il suo valore storico che fa risalire le prime documentazione di esistenza dell’abitato addirittura al 1059.  Valle Piola è composta da 11 edifici, tutti realizzati in muratura di pietra locale a vista per una superficie calpestabile totale di 3800 metri quadrati e terreni circostanti per 60000 metri quadrati. Certo il paese è da restaurare completamente, ma esistono anche alcuni elementi architettonici davvero rari come il gafio, antico balcone in legno di origine longobarda e una conformazione urbana ad U degli edifici con un’unica strada che collega il paese al resto del mondo, tipico assetto medievale.  Il motivo di un prezzo di vendita così contenuto è da ricercarsi nella mancanza di disponibilità finanziaria dell’amministrazione comunale per un necessario restauro ma anche solo per la messa in sicurezza del paese contro gli atti vandalici.  Un’eventuale destinazione per possibili acquirenti potrebbe essere quella di trasformare Valle Piola in un albergo diffuso, così come è successo al paese di Santo Stefano, sempre in Abruzzo, acquistato da un imprenditore italo-svedese che ne ha fatto una redditizia meta di lusso.   Oggi a Valle Piola si svolge il raduno annuale dei cavalieri “Memorial Cesare Foglia” nel mese di agosto e dal 2013 è stato ristrutturato il casale di proprietà comunale, affittato alla Proloco di Torricella Sicura, per organizzare l’evento. Ma il paese non ha ancora un acquirente e potrete trovare tutte le informazioni necessarie sul sito on line di Valle Piola disponibile in diverse lingue, proprio per cercare anche fuori dall’Italia un possibile investimento.  continua su: http://design.fanpage.it/italia-vendesi-intero-borgo-medievale-a-550-mila-euro/#ixzz3YR9eSPtK http://design.fanpage.it  continua su: http://design.fanpage.it/italia-vendesi-intero-borgo-medievale-a-550-mila-euro/#ixzz3YR9O0ZAO http://design.fanpage.it  

“A CASA DO REI ” – “Su Re ‘e Sa Domo”

26 abr

casa do rei 3       casa do rei casa do rei  2

“Quando entrei pela primeira vez em Sa Domo ‘e Su Rei uma surpresa inesperada me pegou antes da grandeza inesperada da fortaleza e, por um momento, eu estava petrificada pela geometria sublime de pedras gigantescas, perfeitamente situado entre eles.

E vagando no labirinto de túneis de pedra sólida parecia sentir a sua presença imperiosa em todos os cantos. “Custa Domo, a ste sa mia !” parecia sussurrar seu espírito guerreiro que pairava no ar, nos recessos sombrios do Palacio. Eu não tinha dúvida, o Senhor desta Casa foi um bravo chefe de tribo, aquele respeitado além de seus territórios, um guerreiro destemido e forte, temido e respeitado em todos os lugares.

Eu já podia vê-lo na sala real da torre central , vestido com peles finamente curtidas, em sua armadura de guerra brilhante, com presentes decorados como as tornozeleiras e pulseiras bem acabados: eu imaginava que, no meio da sala, em linha reta e orgulhoso, para dar ordens e ilustrar seus homens leais as estratégias de defesas secretas … ” Tudo fala dele no palácio.

Se acontecer de você ir lá, sei que Ele está esperando por você para te lembrar em todos os momentos que ele, e só ele, é … “O REI DA SUA CASA ‘”.

E quando você for embora, um pouco de sua energia mágica você trará dentro.

Por SSTM – Brasil 

Por Lucinha Dettori

Fontes “Jeo” em Sa Domo ‘e Su Re (Nuraghe Sant’Antine) no Vale do Nuraghi Torralba

Fotos Maurizio Cossu

Design “Predator Alien” do blog Foto de Mal di Sardegna e ao redor.

Foto de Mal di Sardegna e ao redor. “On the King ‘e Sa Domo”

Lucinha Dettori

————————————————————————————————————————

Su Re ‘e Sa Domo “Quando entrai per la prima volta in Sa Domo ‘e Su Re uno stupore inaspettato mi colse davanti all’imprevista imponenza di quella Fortezza e, per un attimo, rimasi impietrita dalla sublime geometria dei massi ciclopici, perfettamente incastonati tra loro. E vagando nel labirinto dei solidi cunicoli di pietra mi sembrava di sentire la sua imperiosa presenza in ogni angolo. “Custa Domo, est sa mia!” sembrava sussurrarmi il suo spirito guerriero che aleggiava nell’aria, tra le buie nicchie della Reggia. Non avevo dubbi, il Signore di questa Domo era stato un valoroso Capotribù, di quelli rispettati anche oltre i suoi territori, un guerriero impavido e forte, temuto e rispettato in ogni dove. Mi sembrava già di vederlo nella sala reale della Torre centrale, vestito di pelli finemente conciate, nella sua lucida corazza da guerra, ornato di regali cavigliere e polsiere ben rifinite: lo immaginai la, in mezzo alla sala, dritto e fiero, ad impartire ordini e illustrare ai suoi fedelissimi uomini le segrete strategie di difesa…” Tutto parla di Lui in quella Reggia. Se vi capita di andarci, sappiate che Lui vi aspetta per ricordarvi in ogni momento che Lui, e soltanto Lui, è… “Su Re ‘e sa Domo”. E quando andrete via, un pò della sua magica energia ve la porterete dentro.